top of page

TODA VIDA TEM ESPERANÇA

Juan Sebastian Mejia Cifuentes


Antes de viajar, sentia uma grande empolgação em conhecer um novo país e, principalmente, em aprender um novo idioma.


Em relação às expectativas acho que não foram muito positivas pois o lugar onde eu ia morar era uma comunidade terapêutica para dependentes químicos, então tive a sensação de que não ia ser uma coisa fácil.


Na verdade, cheguei com um pouco de medo e pânico, fui recebido por outro voluntário da Fazenda da Esperança que me acolheu e me explicou um pouco sobre o funcionamento da fazenda (trabalho, convivência e espiritualidade). 


No primeiro contato com os acolhidos fiquei um pouco assustado pois além de conviver com eles, eu iria morar com eles, mas eles me acolheram de uma forma que me fez sentir confiante como família. O que foi difícil para mim no início foi o idioma, pois não tinha quem me desse aulas básicas e os meninos às vezes não tinham paciência para o meu portuguesinho na época. Mas esses foram apenas alguns dos que se recuperaram.


Acho que não tenho uma experiência que possa categorizar como a mais bonita ou a menos bonita, tudo foi uma experiência que aconteceu em todos os momentos, tanto nos momentos ruins quanto nos bons, é uma experiência que conseguiu tocar fibras sensíveis da minha alma que me fizeram sofrer, mas também me ajudaram a amadurecer e a superar meus próprios limites.



Pude aprender muito sobre a dependência química e como ela entra na vida das pessoas e aos poucos vai tirando coisas da sua vida. No começo é uma coisa imperceptível mas com o passar do tempo vai tirando tudo, desde coisas materiais até a sua dignidade humana, é justamente nesse ponto que essa experiência me toca, não porque eu seja um dependente químico, mas porque se essas pessoas que perderam tudo na vida estiverem dispostas a seguir em frente, eu também posso fazer isso, posso resumir minha experiência em uma frase muito comum na Fazenda ¨Toda vida tem esperança¨ foi isso que a Fazenda me deu.


Agora que estou finalizando minha experiência não posso deixar de sentir orgulho de ver como cheguei e como estou indo, no início eu disse que minhas expectativas não eram muito boas e agora finalizando minha experiência posso dizer que estava certo, mas que foi apenas 10% da experiência que vivi.



Levo para casa esperança e maturidade para enfrentar a vida.



12 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page